24/05/2019

Cassinos indígenas: onde tem cassinos nos Estados Unidos

Os Estados Unidos são reconhecidos como um país que investe em entretenimento. Anualmente milhões de turistas passam pelas cidades que oferecem os mais diversos tipos de diversão.

Não poderia ser diferente para o caso dos cassinos, em especial em Las Vegas. Ainda que a concentração das casas seja na cidade, existem outros lugares que possuem cassinos. Você, por um acaso, sabe onde tem cassinos nos Estados Unidos?

cassinos nos estados unidos

Neste artigo falaremos sobre os cassinos em terras norte-americanas, mas não dos suntuosos de Las Vegas, Nevada. Nosso objeto de análise são os cassinos indígenas. As terras indígenas nos Estados Unidos detêm autonomia do governo federal. Isso significa que esses territórios possuem soberania em relação a sua população e finanças. No total, são mais de 550 nações independentes espalhados por todo o país. Além do lucro gerado dentro das terras indígenas ficarem exclusivamente nestes locais, as nações não pagam impostos federais.

E como podemos imaginar, os cassinos são uma atividade constante e largamente utilizada pelas nações independentes. Por isso você vai saber onde tem cassinos nos Estados Unidos dentro dos territórios independentes.

A LEI NOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA

Devida à grande exposição que os filmes de Hollywood produzem em relação a Las Vegas o senso comum leva a crer em todos os Estados Unidos os cassinos são liberados. Em contrapartida não é bem assim, existem estados que os jogos de azar e apostas são proibidos. Ainda que as leis, com o passar dos anos, estejam cada vez mais brandas, há quantidade considerável de cidades com proibição.

Se lançarmos luz às leis e regulamentações observamos que a permissão é datada de 1988. Através da Lei para a Regulamentação do Jogo nas Terras Indígenas, as tribos nativas norte-americanas começaram a empreender no negócio. Como dissemos anteriormente, essas tribos não precisam pagar impostos nem encargos, ou seja, o lucro é revertido às próprias tribos. Veja abaixo o mapa das Reservas Indígenas nos Estados Unidos:

Mapa de cassino nos estados unidos

Este evento levou a que as tribos desenvolvessem ano após ano cada vez mais dinheiro nesse ramo. Peguemos alguns números um tempo depois da implementação da lei. No ano de 2006 os cassinos hospedados nas terras indígenas nativas geraram mais de 25 MILHÕES de dólares. Em Las Vegas, no mesmo ano, o lucro líquido dos cassinos operados na cidade estiveram ao redor de 6.000 de dólares. Segundo a consultora Pricewaterhouse Coopers que divulgaram estes números, em 2007, no estado da Flórida, houve concentração em duas tribos de muita grana.

Os Seminoles e os Miccosukees somente podem ter lucrado mais ou menos quase DOIS milhões de dólares. Este lucro foi gerado a partir de seus cassinos mas também de suas salas de bingo. Diversificaram as atividades e ganharam bom dinheiro. Esses valores foram empreendidos em parte pela primeira nação na compra de franquias de restaurantes em Hollywood e Tampa. O nome da cadeia de restaurantes? Hard Rock Café. O preço: 965 milhões de dólares.

Essa quantia foi alavancada graças à alta dos jogos. Segundo a própria Comissão Nacional dos Jogos Indígenas houve um boom nos negócios no ano de 2006. Estima-se que em comparação com o ano de 2001 o aumento foi de ao menos 5 vezes.

CONFLITOS NOS LUGARES ONDE TEM CASSINOS NOS ESTADOS UNIDOS

Como se pode imaginar, com o incremento dos valores de lucro a insatisfação de outros setores sociais também aumentou. Por exemplo, começou a despontar comentários de terceiros alegando que com a chegada dos cassinos nas terras indígenas cresceram problemas sociais. O alcoolismo, a corrupção e a delinquência ganharam espaço na crítica às tribos nativas. Se esses são argumentos concretos, há outros menos racionais. Por exemplo a crítica de que, com os cassinos, os índios estariam deixando de serem índios “puros” por praticar métodos capitalistas. É mais, esses defensores da estagnação cultural alimentam e inflamam os conflitos intertribais.

Por outro lado, as pessoas que encorajam as atividades dos povos originários norte-americanos adotam um discurso de reparação. Isto é, relatam que o privilégio dessas tribos de ficarem com os lucros obtidos é justo. Ou seja, repararia o estrago social causado pelo alto índice de desemprego nas terras indígenas. Juntamente a isso, seria uma espécie de equilíbrio histórico devida à chamada “Conquista do Oeste” quando tribos foram dizimadas completamente.

O que é concreto legalmente é que um dos incisos da lei obriga às nações indígenas a investirem 60% do lucro total na própria comunidade. Seria uma forma de estimular a economia interna e a infraestrutura desses territórios. Não se pode esquecer que ademais das salas de bingo e dos cassinos as nações podem ter outros ingressos. Eles advêm da rede hoteleira, dos postos de gasolina, dos restaurantes e centros comerciais, além das lojas e vendas de produtos.

Foxwoods Resort Casino

Um dos projetos internos gerados pelos investimentos lucrados através dos cassinos e bingos pode ser visto na tribo indígena Pequot. Esta nação é dona de um dos maiores e mais bem-sucedidos cassinos do mundo: o Foxwoods Resort Casino

A tribo capitaneou um projeto de criação de escolas para ensinar sua língua e cultura. Nestes espaços os alunos encontram-se com aulas do idioma da tribo que estava quase extinto e com outras aulas. Por exemplo de dança, de costura, de artes, etc. O interesse cultural da tribo é tanto que eles já chegaram a doar para o Museu Nacional do Índio Americano 10 milhões de dólares. Portanto, se você quer saber onde tem cassinos nos Estados Unidos cujo dinheiro do lucro seja bem empregado, os Pequot são um bom exemplo.

PROSPERIDADE COMPARTILHADA

Como são uma minoria barulhenta as pessoas que pensam que os índios “não podem ter celular, nem cassinos” acabam ofuscando outras ações. Uma delas é que empresários “caras-pálidas” observaram essa oportunidade de negócio e trataram de associar-se à algumas nações.

Com esta medida, os empresários e os indígenas compram porções de terras perto de grandes centros urbanos. A jurisdição dos territórios é por conta das nações indígenas. Ou seja, são convertidos em territórios independentes. Com isso, são instalados enormes cassinos e tanto empresários quanto tribos originárias lucram através do entretenimento. Basta abrir a cabeça que novas ideias surgem!

Agora é com você, já pensou em jogar num desses cassinos ou salas de bingo? Já teve a oportunidade? Conta para nós na caixa de comentários!