01/02/2018

Maia quer votar projeto que regularize cassinos no Brasil no primeiro semestre de 2018

O presidente da Câmara teve reunião com empresários do jogo nos Estados Unidos.

A Câmara dos Deputados deve votar ainda no primeiro semestre de 2018 o projeto que regulariza e libera o funcionamento de cassinos no Brasil, avalia o presidente do congresso, Rodrigo Maia (DEM-RJ). O assunto foi abordado durante encontro com integrantes da Câmara de Comércio Brasil-EUA, em Washington, na terça-feira (16), onde Maia também falou na busca das Casas do Parlamento em um texto único para legalizar o jogo, já que outro projeto com intenção similar é também discutido no Senado. “Acho que tem maioria”, disse Maia sobre a votação do projeto para o jornal Estado de São Paulo. A ideia é integrar a atividade ao complexo de turismo e entretenimento do país.

No encontro, um representante do Las Vegas Sands (companhia de cassinos americanos), Andy Abbud, afirmou que a empresa e outras grandes companhias do país possuem o interesse imediato de investir “bilhões” em cassinos no Brasil, caso a lei regulatória seja apropriada.

Como observou Maia, atualmente há três lobbies no Congresso, um que defende a liberação de bingos, um que é a favor de máquinas de jogo fora dos cassinos (caça-níqueis), e uma que visa a liberação de cassinos para estimular o turismo no país. A terceira opção é a que mais agrada o presidente da Câmara. “O jogo pelo jogo não é o interesse do Brasil. Nosso interesse é que o jogo passa gerar investimentos na cadeia de turismo e entretenimento”, disse.

Estipula-se que 600 mil máquinas de jogo clandestinas funciona no Brasil. “Temos hoje um mercado que deve financiar o crime organizado, porque é tudo ilegal”, observou Maia.

 
Jogue na NetBet e ganhe um bônus de 100% até R$ 1000!