24/03/2020

O perigo de entrar em um cassino clandestino

Cassino clandestino é coisa séria! Para ficar livre deles seja online seja tradicional, fique ligado aqui! | Cassino.org

cassino-clandestino-01A sedução pelos jogos de azar leva muitos brasileiros a frequentarem ao menos um cassino clandestino! Embora possa parecer algo inofensivo, em um primeiro momento, há muitos riscos diante de tal escolha, sabia?

Um breve e necessário parêntesis!

Nós do Cassino.org sabemos que o momento não é fácil de atravessar no contexto em que vivemos de uma pandemia sanitária. No entanto, na tentativa de ajudar nossos leitores a superar essa barra vamos seguir trazendo conhecimento e entretenimento a todos!

Um dos nossos intuitos aqui no blog e sempre foi trazer diversão e dicas para nosso público. Dessa vez, não será diferente! Vamos passar por essa juntos! Para aproveitarmos com intensidade o tempo a mais em casa, que tal planejar uma futura viagem?

É exatamente por esse motivo que desde a semana passada viemos investindo em artigos cheios de informação sobre os mais diversos cassinos em todo o mundo! Nosso intuito é brindar a vocês, leitores e leitoras, nossas mais aprofundadas opções de lazer. Estão preparados? Então fiquem com a gente!

De volta ao que interessa!

Tentar a sorte em cassino é uma prática que se confunde até mesmo com a história da sociedade. Isso já é algo bem antigo, tanto que há obras que ajudam a entender isso.

No ano de 1866, o renomado escritor russo Fiódor Dostoiévski escreveu a obra “O Jogador”. A história relata a paixão do autor pelos jogos. Em um dos trechos, ele até mesmo resume seu sentimento pela prática.

Ele cita o seguinte trecho:

Aliás, os jogadores sabem muito bem como é possível ficar-se cerca de vinte e quatro horas com as cartas na mão, sem se virar sequer o rosto para os lados".

Da Rússia diretamente para o solo brasileiro, a paixão é também muito latente. O grande ponto é que aqui tal prática é totalmente proibida por lei desde os anos 40.

E o perigo nos dias atuais está atrelado ao brasileiro que insiste em frequentar um cassino clandestino, sabia? Mas, porque essa atividade é de fato tão perigosa? Você saberia responder essa pergunta?

Para poder ter respostas mais precisas sobre esse tema, é importante ir em busca de boas informações. Confira mais detalhes no decorrer desse conteúdo!

cassino-clandestino-02

O brasileiro vem se tornando alvo de cassino clandestino

Os brasileiros comumente marcam presença em cassinos argentinos e também paraguaios. E, algo que justifica isso é justamente a proximidade desses destinos.

E, como o jogo não é uma prática permitida em solo nacional, tais empreendimentos tornaram-se um forte atrativo. E, isso é especialmente destinado aos turistas.

Mas, a proibição atrai uma nova modalidade nociva – o cassino clandestino! Marcar presença em locais como esse fomenta uma série de perigos e problemas, sabia?

Engana-se quem pensa que a punição é dada somente a quem movimenta esses locais. Frequentadores também podem ser punidos com os rigores da lei.

É crime frequentar um cassino clandestino?

No Brasil, a associação a um cassino clandestino ou bingo clandestino não é considerado crime. Mas, trata-se de uma contravenção.

Tal delito prevê até um ano de prisão, bem como processo por parte do estado para quem mantem tais locais.

Mas, na maioria das vezes a pena tende a ser cumprida por meio de prestação de serviços comunitários. Há ainda casos que é exigido o pagamento de cestas básicas.

Os frequentadores de um cassino clandestino também estão sujeitos a algumas punições. Mas, nesses casos há também outros riscos que precisam ser levados em conta.

O vício é um dos maiores malefícios nesse universo das apostas clandestinas. Esses locais possuem máquinas, que dificilmente permitem elevados ganhos para o apostador.

Tudo, na verdade é pensando para que o jogador fique rendido ao anseio de ganhar. Há também perigos associados à cobrança de dívidas, que podem colocar os apostadores em risco.

Mas, então a saída seria legalizar?

Esse é um ponto que gera um assíduo debate e nenhuma conclusão! São anos e mais anos de discussão sobre tal pauta, porém, nenhuma concordância sobre o caminho mais adequado.

O fato é que muitos entendem que a melhor maneira de combater um cassino clandestino é apoiar-se na legalização. Porém, isso desperta outros debates em escala.

Para se ter uma ideia, esse assunto é algo que vem e vai no Brasil desde de 1946. E, foi nesse ano que Eurico Gaspar Dutra acabou proibindo essa prática por aqui.

Quem são as pessoas que gerenciam esses locais clandestinos

É justamente aí que mora o maior perigo. Um cassino clandestino pode ser comandado por criminosos e até mesmo pessoas envolvidas com milícias.

E, isso por si só já é um ponto de alerta para quem cogita frequentar esses ambientes. Além disso, há outros aspectos relevantes, como:

  • Esses são locais que não são fiscalizados
  • Não há procedência acerca da origem do dinheiro
  • Não há confirmação sobre a origem das máquinas caça-níqueis
  • Pode haver incidência de lavagem de dinheiro, ou seja, são locais que ajudam a manter a corrupção
  • Podem ser gerenciados por criminosos e milicianos
  • Existe o risco de os frequentadores terem de arcar com os rigores da lei

Como ficou evidente, frequentar um cassino clandestino nunca é uma boa ideia! Se você é um apaixonado por esse universo, considere ir até destinos onde os jogos são legalizados!

O perigo de entrar em um cassino clandestino